Network News

Taxa de desemprego no Brasil registra sexta queda consecutiva em setembro

Back

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, na manhã desta terça-feira (30), que a taxa de desemprego no Brasil caiu para 11,9% no trimestre encerrado em setembro. Apesar do número decrescente, o desemrego ainda atinge 12,5 milhões de brasileiros.

 

Considerado o último ano, esta foi a sexta vez seguida que a taxa de desemprego recuou. Isso representa um contingente de desempregados 3,7% menor que o registrado no trimestre encerrado em junho (474 mil pessoas a menos).

Quando a comparação é feita com o mesmo trimestre do ano passado, a população desocupada caiu 3,6% (menos 469 mil pessoas).

O número de pessoas que desistiu de procurar emprego ficou estável em relação ao trimestre anterior. No entanto, na comparação com o mesmo trimestre de 2017, houve alta de 12,6%.

Os dados da pesquisa do IBGE mostram que a queda da taxa de desemprego foi puxada pelo aumento do trabalho informal ou por conta própria. A quantidade de empregados com carteira de trabalho assinada ficou estável frente ao trimestre anterior e também em relação ao mesmo trimestre de 2017 (33 milhões).

Já o número de trabalhadores em carteira de trabalho assinada (11,5 milhões de pessoas) subiu 4,7% em relação ao trimestre anterior (522 mil pessoas a mais). Em relação ao mesmo trimestre do ano passado, a alta foi de 5,5% (601 mil pessoas a mais)

A categoria dos trabalhadores por conta própria (23,5 milhões de pessoas) cresceu 1,9% em relação ao trimestre anterior (mais 432 mil pessoas) e aumentou 2,6% (mais 586 mil pessoas) em relação ao mesmo período de 2017.

FONTE: G1