Notícias da Rede

Cidades do nordeste atraem redes de franquias

voltar

 

A busca por cidades com bom desempenho econômico tem atraído redes de franquias já consolidadas nas grandes capitais. É o caso da Morana, com quase 300 operações no Brasil, que vê em cidades como Salgueiro, em Pernambuco; e Imperatriz, no Maranhão, potencial para a expansão da marca.

O município de Salgueiro, em Pernambuco, tem pouco mais de 60 mil habitantes. A indústria e o setor de serviços são os responsáveis pela geração econômica da cidade, mas também há a produção agrícola de itens como cebola, algodão e milho. Salgueiro faz parte da Região para o Desenvolvimento do Sertão Central formada por Cedro, Verdejante, Parnamirim, Terra Nova e Serrita. Além disso, tem localização privilegiada com fácil acesso a outros estados.

Já Imperatriz, no Maranhão, tem cerca de 250 mil habitantes, a segunda maior população do Estado. Ao longo dos anos se tornou polo universitário e comercial servindo de entreposto para abastecimento de cidades distantes cerca de 400 km.

Para Bruno Jardim, da equipe de expansão do Grupo Ornatus, estar presente em cidades bem desenvolvidas fora das capitais é o processo natural das grandes redes de franquias. “A Morana já está consolidada no mercado nacional e já tem operações no exterior. O caminho natural da marca é estar presente também em cidades do interior do Brasil, que estão em constante desenvolvimento seja por sua localização privilegiada ou pela existência de setores consolidados que as movimentam. É o caso de Salgueiro e de Imperatriz”, analisa.

Para abrir uma franquia da Morana é necessário um investimento inicial de R$ 225 mil. Mais informações podem ser obtidas no e-mail [email protected].