Notícias da Rede

Varejo paulista prevê contratar até 25 mil temporários para o fim do ano

voltar

Para atender a demanda de fim de ano, o varejo paulista deve abrir até 25 mil vagas de emprego temporário, 6 mil a mais quando comparado a 2016. As projeções são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo, a Fecomercio.

Para a entidade, 50% das vagas devem se concentrar no setor de vestuário, tecidos e calçados, enquanto os supermercados demandarão 25% das oportunidades. As demais vagas deverão estar disponíveis nas atividades de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos, lojas de móveis e decoração, farmácias e perfumarias. O crescimento das vendas do comércio varejista em 3,6% no primeiro semestre e a necessidade da retomada do quadro de colaboradores depois das demissões dos últimos dois anos são os principais motivos que justificam a projeção.

Ainda de acordo com a FecomercioSP, o faturamento real do varejo paulista deve apresentar um incremento de 5% em 2017, consolidando o ciclo de recomposição do consumo mesmo diante das instabilidades políticas, trazendo boas perspectivas para 2018. Por conta da crise ainda presente no cenário nacional, a entidade estima que 10% dos temporários possam ser efetivados.